Nossa História

A P R E S E N T A Ç Ã O

O MOVIMENTO DE IRMÃOS surgiu por inspiração do Espírito Santo, iluminando Monsenhor Bernardo José Krasinski que o fundou em junho de 1970. O objetivo específico do Movimento de Irmãos é santificar os casais em sua família e por meio dela as famílias da paróquia.

O R I G E M

O MOVIMENTO DE IRMÃOS teve origem na Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, em Curitiba, no início de 1970, quando o então Pároco Monsenhor Bernardo José Krasinski (de saudosa memória) idealizou um meio de formar, inicialmente em sua própria Paróquia, uma comunidade de irmãos entre os moradores daquela região, a qual se interessou pelos problemas comuns a todos, tentando encontrar uma forma de amenizá-los e, quem sabe, até resolvê-los.

Na Sacristia da Igreja, reuniam-se os interessados em levar avante a feliz idéia do Pároco, descobrindo-se, então, que o modo mais prático para se conseguir os objetivos almejados seria isolar as pessoas dos problemas do mundo, de modo que, dando uma parada na vida para pensar, fizessem um balanço pessoal e retirassem de dentro de si todas as barreiras que pudessem impedir a ação espiritual que, se desenvolvida, transformaria a figura de um Leigo das coisas de DEUS em um Apóstolo.

H I S T Ó R I C O

O Primeiro Encontro foi realizado nos dias 26, 27 e 28/06/1970 na Casa de Retiros Nossa Senhora do Mossunguê, tendo a participação, entre Sacerdotes, Dirigentes e Convidados, de 120 pessoas.

Para esse Encontro, e até que os dirigentes se firmassem, foi preciso que alguns casais pertencentes ao Cursilho da Cristandade e Movimento Familiar Cristão, muitos deles paroquianos e amigos do Monsenhor Bernardo, colaborassem com palestras e experiência de vida.

Após o sucesso do Primeiro Encontro, os participantes entusiasmaram-se tanto pela nova forma de viver e agir, que procuraram trazer a esse convívio seus parentes e amigos, voltando assim aos primeiros tempos do cristianismo, onde os pagãos diziam das comunidades cristãs: “Vede como se amam”.

Com o decorrer dos Encontros, sentindo a necessidade de uma abertura, Monsenhor Bernardo estendeu o Movimento às outras Paróquias, para que também conhecessem aquela nova e palpitante dimensão do cristianismo.

Após o falecimento do Monsenhor Bernardo, em 06 de março do ano de 1975, o MOVIMENTO DE IRMÃOS passou a ser um órgão oficial da Arquidiocese de Curitiba, estando perfeitamente integrado dentro da hierarquia da Igreja, e com inúmeras paróquias filiadas, vivendo em unidade as mensagens do Evangelho.

A imagem abaixo, que representa o Rosto de Cristo, deu origem a identidade visual do MOVIMENTO DE IRMÃOS.

Usada pela primeira vez no ano 1971, foi guardada por 42 anos e presenteada para a Coordenação do Movimento de Irmãos pela Conselheira Deolinda, viúva do saudoso Levi.

Memória Viva do Movimento de Irmãos.

Clique na imagem para acessar.